Sal rosa do Himalaia: benefícios e como usar
Sal Rosa do Himalaia

O sal é um nutriente indispensável para o bom funcionamento do organismo e, embora seja muitas vezes visto como um vilão e desencadeador de uma série de doenças, sua ausência completa pode prejudicar o corpo tanto quanto o excesso. Entre os tipos de sal que existem – dentre os quais o marinho é o mais usual – uma espécie tem chamado a atenção devido à sua pureza química: o sal rosa do Himalaia.

Livre de toxinas e poluentes, esse alimento, recolhido em depósitos seculares do Himalaia, é considerado o sal mais puro do planeta e sua cor rosa deve-se à alta concentração de minerais em sua composição – ele carrega mais de 80 tipos de minerais, tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro.

Por causa desses compostos, os cristais ganham o tom característico e um sabor com toque metálico agradável e suave. Pode ser empregado em carnes grelhadas, saladas com azeite e legumes na manteiga. Essas são boas opções para este sal. Porém, deve-se evitar as receitas com caldos, e, em carnes, deve ser aplicado na hora do preparo, já que tende a ressecar os alimentos porque atrai água. Em 1g de sal Rosa do Himalaia há 230 mg de sódio, enquanto no sal refinado há 400 mg.

O alto poder desintoxicante do sal rosa é benéfico para ajudar a eliminar toxinas do corpo, purificar o sangue e regular a produção de óleo pela pele. Além disso, a alta concentração de magnésio, por exemplo, é benéfica para prevenir cãibras, fortalecer os músculos e o sistema imunológico.

Como usar:

Banho

Como banho de sal, o produto é ideal para quem quer relaxar e tonificar a pele. Isso porque, junto à agua morna, ele ativa a transpiração e, consequentemente, a eliminação de toxinas. Para utilizar, basta acrescentar sal à vontade na banheira e imergir o corpo por cerca de 30 minutos. Esse banho é especialmente eficaz antes de dormir e irá proporcionar um sono mais relaxante.

Cozinha

Adicione os cristais – inteiros ou moídos – durante o cozimento da comida. O teor de cloreto de sódio é muito semelhante ao do sal marinho, por isso, é muito importante consumir com moderação. O consumo correto desse sal ajuda também a fortalecer a saúde do sistema digestivo, prevenindo gases e prisão de ventre, além de agir como anti-histamínico natural, melhorar o humor e regular a pressão arterial.

Sal rosa do Himalaia: benefícios e como usar

fontes: outramedicina.com, viva melhor, saúde e alimentos

Sal Rosa do Himalaia

 

Benefícios: Menos sódio, Sal de Banho, Saúde Vascular, Hipertensão

O sal é um dos ingredientes mais presentes nas cozinhas de todo o mundo, seja em residências ou comércios alimentícios, como restaurantes ou lanchonetes. Nas quantidades corretas, ele confere um sabor mais encorpado aos alimentos, contribui para aumentar a sensação de saciedade e até ajuda a regular o equilíbrio hídrico do organismo. No entanto, o tradicional “sal de mesa” que é frequentemente usado na culinária possui muitos produtos químicos, adicionados durante o processo de refinamento. Isso intensificou recentemente a procura por alternativas mais puras e saudáveis, como o sal rosa do Himalaia.

Comparado com o sal branco, o sal do Himalaia possui muito menos sódio. Enquanto o primeiro possui 400mg de cloreto de sódio por grama de produto, o segundo tem muito menos: apenas 230mg por grama. As características do tempero não se perdem por causa disso, pelo contrário – o sal do Himalaia consegue ser, ao mesmo tempo, suave e marcante no que se trata de ressaltar o paladar. Além disso, ele não é limpo ou manipulado com produtos químicos. A extração e a higiene da matéria-prima são feitas manualmente, o que contribui ainda mais para que o consumidor tenha em mãos um produto saudável, além de explicar o seu status gourmet, com presença nas cozinhas mais refinadas.

Não é à toa que o sal do Himalaia é considerado um dos mais puros do mundo. Há minerais essenciais para o funcionamento do organismo humano com saúde, como o potássio, o cobre, o ferro e o zinco. O consumo deste tipo de sal também contribui para auxiliar na saúde cardiovascular, melhorar o fluxo da respiração e equilibrar o pH do corpo.

Informação Nutricional

 

Porção:

 

1g

(1 pitada)

 

Quantidade por porção

%VD(*)

 

Valor Energértico

0 kcal = 0 kj

0%

 

Carboidrato

0g

0%

 

Proteínas

0g

0%

 

Gorduras Totais

0g

0%

 

Gorduras Saturadas

0g

0

 

Gorduras Trans

0g

**

 

Fibras

0g

0

 

Sódio

230mg

9,5

 

(*) %Valores diários com base em uma dieta de 2000kcal ou 8400kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

 
 
 

Fontes:

SAL DO HIMALAIA FINO
R$1,00
Quantidade
SAL DO HIMALAIA FINO R$1,00

Sal rosa do Himalaia: benefícios e como usar
Sal Rosa do Himalaia

O sal é um nutriente indispensável para o bom funcionamento do organismo e, embora seja muitas vezes visto como um vilão e desencadeador de uma série de doenças, sua ausência completa pode prejudicar o corpo tanto quanto o excesso. Entre os tipos de sal que existem – dentre os quais o marinho é o mais usual – uma espécie tem chamado a atenção devido à sua pureza química: o sal rosa do Himalaia.

Livre de toxinas e poluentes, esse alimento, recolhido em depósitos seculares do Himalaia, é considerado o sal mais puro do planeta e sua cor rosa deve-se à alta concentração de minerais em sua composição – ele carrega mais de 80 tipos de minerais, tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro.

Por causa desses compostos, os cristais ganham o tom característico e um sabor com toque metálico agradável e suave. Pode ser empregado em carnes grelhadas, saladas com azeite e legumes na manteiga. Essas são boas opções para este sal. Porém, deve-se evitar as receitas com caldos, e, em carnes, deve ser aplicado na hora do preparo, já que tende a ressecar os alimentos porque atrai água. Em 1g de sal Rosa do Himalaia há 230 mg de sódio, enquanto no sal refinado há 400 mg.

O alto poder desintoxicante do sal rosa é benéfico para ajudar a eliminar toxinas do corpo, purificar o sangue e regular a produção de óleo pela pele. Além disso, a alta concentração de magnésio, por exemplo, é benéfica para prevenir cãibras, fortalecer os músculos e o sistema imunológico.

Como usar:

Banho

Como banho de sal, o produto é ideal para quem quer relaxar e tonificar a pele. Isso porque, junto à agua morna, ele ativa a transpiração e, consequentemente, a eliminação de toxinas. Para utilizar, basta acrescentar sal à vontade na banheira e imergir o corpo por cerca de 30 minutos. Esse banho é especialmente eficaz antes de dormir e irá proporcionar um sono mais relaxante.

Cozinha

Adicione os cristais – inteiros ou moídos – durante o cozimento da comida. O teor de cloreto de sódio é muito semelhante ao do sal marinho, por isso, é muito importante consumir com moderação. O consumo correto desse sal ajuda também a fortalecer a saúde do sistema digestivo, prevenindo gases e prisão de ventre, além de agir como anti-histamínico natural, melhorar o humor e regular a pressão arterial.

Sal rosa do Himalaia: benefícios e como usar

fontes: outramedicina.com, viva melhor, saúde e alimentos

Sal Rosa do Himalaia

 

Benefícios: Menos sódio, Sal de Banho, Saúde Vascular, Hipertensão

O sal é um dos ingredientes mais presentes nas cozinhas de todo o mundo, seja em residências ou comércios alimentícios, como restaurantes ou lanchonetes. Nas quantidades corretas, ele confere um sabor mais encorpado aos alimentos, contribui para aumentar a sensação de saciedade e até ajuda a regular o equilíbrio hídrico do organismo. No entanto, o tradicional “sal de mesa” que é frequentemente usado na culinária possui muitos produtos químicos, adicionados durante o processo de refinamento. Isso intensificou recentemente a procura por alternativas mais puras e saudáveis, como o sal rosa do Himalaia.

Comparado com o sal branco, o sal do Himalaia possui muito menos sódio. Enquanto o primeiro possui 400mg de cloreto de sódio por grama de produto, o segundo tem muito menos: apenas 230mg por grama. As características do tempero não se perdem por causa disso, pelo contrário – o sal do Himalaia consegue ser, ao mesmo tempo, suave e marcante no que se trata de ressaltar o paladar. Além disso, ele não é limpo ou manipulado com produtos químicos. A extração e a higiene da matéria-prima são feitas manualmente, o que contribui ainda mais para que o consumidor tenha em mãos um produto saudável, além de explicar o seu status gourmet, com presença nas cozinhas mais refinadas.

Não é à toa que o sal do Himalaia é considerado um dos mais puros do mundo. Há minerais essenciais para o funcionamento do organismo humano com saúde, como o potássio, o cobre, o ferro e o zinco. O consumo deste tipo de sal também contribui para auxiliar na saúde cardiovascular, melhorar o fluxo da respiração e equilibrar o pH do corpo.

Informação Nutricional

 

Porção:

 

1g

(1 pitada)

 

Quantidade por porção

%VD(*)

 

Valor Energértico

0 kcal = 0 kj

0%

 

Carboidrato

0g

0%

 

Proteínas

0g

0%

 

Gorduras Totais

0g

0%

 

Gorduras Saturadas

0g

0

 

Gorduras Trans

0g

**

 

Fibras

0g

0

 

Sódio

230mg

9,5

 

(*) %Valores diários com base em uma dieta de 2000kcal ou 8400kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

 
 
 

Fontes: